Prefeitura de Brasilândia entrega cesta básica e auxílio financeiro do Programa ‘Protege Brasilândia’

Assistência Social08/05/2017, 14:03:00 Total de Visualizações: 644

Beneficiários receberam o auxílio alimentício e financeiro - Divulgação

O prefeito de Brasilândia, Dr. Antonio, esteve na manhã desta segunda-feira (08), na sede do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), para a entrega do auxílio financeiro e alimentício (cesta básica) do Programa Protege Brasilândia.

Neste mês, a entrega dos benefícios foi antecipada dois dias antes, que geralmente costuma ocorrer todo o dia 10. Os cheques no valor de R$ 130,00 ajudam na renda financeira dos usuários cadastrados no programa, podendo melhorar as condições de vida. Já a cesta básica, segundo o prefeito de Brasilândia é avaliada em R$ 138,00, conforme o processo licitatório, também auxilia na alimentação do beneficiário.

A entrega do auxílio financeiro e alimentício também contou com a presença da primeira-dama Cibele Thiago; da coordenadora do CRAS, Maíra Dorighello Cadamuro Guimarães e dos demais servidores municipais.

Na oportunidade, o prefeito explicou aos beneficiários presentes que neste ano não será reajustado o valor financeiro devido ao momento de crise nacional que o país atravessa e atingiu o município de Brasilândia, sendo uma das principais, a queda do repasse do ICMS. Entretanto, ressaltou o seu compromisso de apoiar o programa assistencial que foi pioneiro no Estado de Mato Grosso do Sul em auxiliar pessoas de baixa renda dentro da legalidade.

Além disso, Dr. Antonio disse aos beneficiários da cesta básica se caso encontrarem algum item que não esteja em condições de ser consumido, que procurem o CRAS e levem o alimento danificado para troca.

SOBRE O PROGRAMA

O programa municipal de transfere mensalmente uma renda financeira, com intuito de dar auxílio emergencial às famílias em situação de vulnerabilidade social. Neste mês, foram atendidos 70 beneficiários com repasse financeiro e 75 pessoas com o auxílio alimentício, além da entrega das cestas básicas eventuais.

O público alvo do Protege Brasilândia é para o atendimento e atenção às famílias carentes, idosos, pessoas com deficiência, defesa da criança e do adolescente, gestantes, nutrizes e crianças menores de sete anos de idade em situação de vulnerabilidade social.

Para receber o atendimento, é necessário que a família seja integrante do cadastro único da Secretaria Assistência Social e poderá ser beneficiária de outros programas federais ou estaduais cujo auxilio seja insuficiente naquele momento.  

Para saber mais sobre o programa, os interessados poderão se dirigir ao Cras, localizado na Avenida São José, próximo ao ESF II, no Loteamento José Rodrigues da Silva, ou na sede da Secretaria Municipal de Assistência Social, na rua Bartolomeu Viana Cavalcante, 1035, bairro Jardim Camargo, e levar os documentos pessoais e, se possível, o número do seu CAD Único.

 

Fonte: Assessoria de Comunicação