Saúde encaminhará pacientes para cirurgias de catarata gratuita na Capital

Saúde04/12/2018, 13:51:00 Total de Visualizações: 541

- Assessoria de Comunicação

Pessoas com problemas de visão em decorrência da catarata devem procurar o Postão (localizado em frente ao Hospital) até nesta sexta-feira (07) para o agendamento de consulta e cirurgia de catarata neste mês. A ação foi uma conquista da Prefeitura por meio da Secretaria Municipal de Saúde que conseguiu vagas para pacientes realizarem os procedimentos no mutirão realizado pelo Governo do Estado. 

Os interessados deverão constar nos seguintes critérios: possuírem acima de 55 anos de idade e terem algum laudo médico (podendo ser particular ou do SUS) constando a necessidade da realização de cirurgia.

O Mutirão organizado pelo Estado acontecerá entre os dias 04 a 13 de dezembro e as cirurgias no dia 07 a 12 de dezembro, em Campo Grande (MS). A Prefeitura levará gratuitamente todos os pacientes até o local do mutirão conforme a necessidade e demanda.

Para mais esclarecimentos, os interessados deverão procurar a Central de Regulação, localizada no Postão (em frente ao Hospital) até o dia 07 de dezembro e levar seus documentos pessoais junto com o cartão SUS.

Somente no último quadrimestre (maio a agosto deste ano), a Secretaria Municipal de Saúde registrou 161 procedimentos em outros Mutirões realizados pelo Estado, sendo 73 consultas oftalmológicas, 72 cirurgias de catarata, 11 cirurgias pitirigio e cinco procedimentos procedimentos yang-laser.

A catarata é uma doença que afeta principalmente os idosos e tem como característica fazer a visão embaçar aos poucos.

Entre os sintomas mais comuns estão a visão ruim à noite, os olhos sensíveis à luz e a visão escurecida. Isso acontece porque o cristalino, a camada que envolve os olhos de todas as pessoas, começa a engrossar, dificultando a visão.

Nos casos mais avançados, os olhos ficam na cor branco-azulada. O maior risco, no entanto, é a cegueira, que pode acontecer quando o tratamento não é feito. Não existe prevenção para a catarata, mas nos casos avançados dá para fazer a cirurgia para correção.

 

 

 

 

Fonte: Assessoria de Comunicação