Saúde registra mais de 10 mil atendimentos entre maio e agosto de 2018

Saúde22/11/2018, 12:40:00 Total de Visualizações: 3190

Secretária Adeliza apresentou as ações da saúde deste ano - Assessoria de Comunicação

Na manhã da última quarta-feira (21), no Anfiteatro Ramez Tebet, a secretária municipal de Saúde, Adeliza Abrami, junto com os coordenadores dos núcleos de Saúde apresentaram a Audiência Pública de Prestação de Contas referente ao 2º quadrimestre de 2018.  Segundo a secretária, entre maio e agosto, foram realizados 10.062 atendimentos em todas as unidades.

Os agentes comunitários de saúde das quatro unidades realizaram 7.530 visitas domiciliares nos últimos quatro meses. Já na saúde bucal, foram realizados 3.037 procedimentos preventivos e curativos e 177 de exodontia.

Foi apresentado os números do Programa Nacional de Alimentação e Nutrição (PNAN) e Sisvan (Sistema de Gestão Federal/Estadual da Vigilância Alimentar e Nutricional), pertencente às ações do Programa Bolsa Família, sendo que das 650 famílias cadastradas, 508 foram localizadas e 142 faltosas.

Apresentou também Programa Nacional de Suplementação de Vitamina A, com cobertura de 51,64 % com bebê de seis a 11 meses e da segunda dose 39,04% com crianças de 12 a 59 meses.

O Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF) realizou diversas ações tais como: atendimento individual ou nos consultórios da ESF, com fisioterapia, fonoaudióloga, psicóloga e assistente social; visita domiciliar; planejamento familiar; reuniões de equipe no ESF 1 e 2 com o grupo de hipertensos, diabéticos e do Programa Tabagismo. Além das capacitações da equipe e ações parceiras.

Na fonoaudiologia, foram realizados 329 atendimentos individuais, 61 atendimentos de teste da lingüinha e 61 atendimentos de teste da orelhinha. Na psicologia foram 57 atendimentos domiciliares e 458 atendimentos individuais e 10 atividades coletivas.

Na Clínica de Fisioterapia, foram realizados 896 atendimentos e no Programa de Academia da Saúde, foram registrados 389 atendimentos.

A área de serviço social da Saúde foram realizadas 10 orientações sociais, cinco visitas domiciliares, quatro palestras, quatro atendimentos de Programa de Planejamento Familiar, seis articulações para Internação Psiquiátrica, duas internações efetivadas, nenhum atendimento hospitalar e dois atendimentos hospitalares de IST.

Na Farmácia Central, de maio a agosto foram atendidos 10.578 pessoas de segunda a sexta-feira e 532.571 medicamentos dispensados. No Laboratório Municipal foram realizados 2.295 exames e 654 no hospital, sendo 40 tipos de exames.

Na Vigilância Sanitária, foram realizadas 101 inspeções sanitárias, 100 alvarás fornecidos, quatro denúncias recebidas e atendidas. No Controle de Endemias, nenhuma residência foi borrifada contra a Leishmaniose e houve 12.639 inspeções de imóveis no combate ao mosquito da Dengue.

 

Na Vigilância Ambiental, foram realizadas 50 coletas de águas para análise; 50 envios de amostras para o Laboratório Central (LACEN), duas amostras com resultados de “não potável” e 15 atividades educativas de orientação.

No Controle de Zoonoses, não houve aplicação de testes e nem recolhimento de animais, uma vez que o Município não possui mais convênio com o Centro de Controle de Zoonoses de Três Lagoas, no entanto, busca parceria com outros municípios do Estado de MS e SP. Foi somente realizado 20 atividades educativas.  Na Vigilância Epidemiológica, foram aplicadas 2.181 vacinas contra o vírus Influenza.

Na Central de Regulação, foram realizadas 1.047 consultas especializadas, 255 exames especializados e 246 viagens de referência (Três Lagoas e Paranaíba).Na Caravana da Saúde realizada em junho e julho, foram 161 pessoas atendidas.

Sobre a aplicação de recursos, Adeliza informou que entre maio e agosto foi aplicado 17,12% na Saúde, sendo que o mínimo deve ser 15%.

No fim da reunião, a secretária esclareceu dúvidas dos presentes e agradeceu a participação de todos e em especial de todos os colaboradores na área da saúde para a realização dos serviços prestados à população brasilandense.

 

Fonte: Divulgação/PMB