Vigilância Sanitária oferece vacina contra a Raiva

Saúde24/09/2018, 10:37:00 Total de Visualizações: 52

- Assessoria de Comunicação

A Secretaria Municipal de Saúde por meio da Vigilância Sanitária informa a toda população que está disponível a vacina contra a Raiva. A dose é gratuita e pode ser adquirida  na Vigilância em Saúde, localizada atrás da Escola Estadual Adilson Alves da Silva. Os interessados deverão levar a carteira de vacinação do seu animal e um recipiente com gelo.

A campanha de vacinação contra a raiva foi realizada neste mês de agosto e ao longo do mês de setembro, promoveu a vacinação volante nas seguintes regiões: Reassentamentos Pedra Bonita, Santana e Santa Emília; Novo Porto João André; Aldeia Indígena Ofaié; Reassentamento Esperança; Distrito Debrasa; Reassentamento Almanara; Fazendas Córrego Azul, Jesuíta, Fátima; Bairro  Beleza do Rio Verde; Fazenda Carimã, Barra do Centro; Fazenda Campo Limpo; Fazenda Pontal (Escola Raimundo Pedro de Souza) e Fazenda São Paulo.

Além disso, a Campanha vai até novembro com a entrega de vacinas para as empresas, sítios e fazendas na sede do Núcleo de Zoonoses. O responsável pelo seu animal deve portar a carteira de vacinação do seu cão ou gato, junto com um recipiente com gelo para acomodar a vacina nas devidas condições.

O Núcleo está localizado na rua Oclídio Zanardi, nº 820, Centro. O horário de atendimento é das 7h às 11h e das 13h às 16h30. Para mais informações, o telefone é 3546-1827.

No ano passado foram realizados 33 atendimentos na rede pública de saúde por mordedura de cães em Brasilândia, número que representa cerca de 80% dos casos notificados de agressão, em função dos serviços de vigilância e observação domiciliar que é realizado diligentemente pelos Agentes de Combate de Endemias e o Núcleo de Vigilância Epidemiológica que presta apoio a este trabalho de prevenção contra a Raiva e a Leishmaniose.

A Secretaria Municipal de Saúde agradece a participação de todos os agentes de Saúde e da população pela participação na Campanha de Vacinação Antirrábica.

Fonte: Divulgação/Assessoria de Comunicação