Brasilândia realiza Audiência para a divulgação e monitoramento do Plano Municipal de Educação

Educação12/06/2018, 13:29:00 Total de Visualizações: 125

Comissão foi apresentada para os presentes - Assessoria de Comunicação

Na manhã desta terça-feira (12), os professores de Brasilândia estiveram s na Câmara Municipal para discutirem as ações do Plano Municipal de Educação (PME), realizado pela Comissão de Monitoramento do Plano Municipal de Educação, com o apoio da Prefeitura de Brasilândia por meio da Secretaria Municipal de Educação.

Na abertura do evento, o secretário da pasta, Francisco Aparecido Lins, falou sobre a importância do PME e elogiou o trabalho desenvolvido pela Comissão. “O resultado dessa audiência será muito promissor”, disse.

A presidente da Comissão, Vânia Pereira, desejou que todos os participantes tivessem um bom aproveitamento dos trabalhos. O vereador e membro da comissão, Oziel Soares, disse a todos os envolvidos que este era o momento oportuno para colocar os anseios para que no futuro colocasse em prática as ações do Plano Municipal de Educação.

Já a presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Brasilândia, Maria Inês Anselmo Costa, também destacou o trabalho realizado por toda a equipe, tanto na elaboração do PME como no seu monitoramento. “É muita responsabilidade responder relatórios e fazer encaminhamentos e ainda mais representar a nossa categoria que eu tenho muito orgulho”, disse. A presidente também aproveitou para informar sobre os trabalhos realizados pelo Sinted de Brasilândia.

Já o Ministério Público Estadual de Brasilândia, Paulo Henrique Mendonca de Freitas , disse que esta é oportunidade para abrir o canal de comunicação entre o Poder Público e a sociedade. “A visão do Ministério Público é de acordo com a Constituição Federal emana o povo por meio de representantes eleitos e a Audiência Pública tem esse poder para o povo. É a abertura de exercício de forma direta para a participação do povo. O MPE está de portas abertas”,disse.

A palestrante Marize Siqueira falou sobre o histórico do Plano Nacional de Educação que tem força de lei, das suas diretrizes (metas acompanhadas de estratégias da nível Federal, Estadual e Municipal), mostrando onde se quer chegar dentro de dez anos.

Foram apresentadas as metas e eixos de 2014 a 2024 até chegar ao Plano Municipal de Educação. “O plano é construído por várias mãos e tem que ter suas ações e conjuntos. O desafio é ter compromisso para cumprir as suas finalidades para uma educação de qualidade social para todos”, destacou.

Logo após a sua apresentação, a Comissão apresentou o resumo do Plano Municipal de Educação e os professores presentes puderam expor observações e esclarecer dúvidas do documento que valerá até o ano de 2024.

 

Fonte: Divulgação/PMB