Assobra esclarece mudanças no sistema de coleta no Programa Protege Brasilândia

Assistência Social25/05/2018, 13:51:00 Total de Visualizações: 1725

Reunião informou novo sistema de coleta - Assessoria de Comunicação

A equipe do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) convidou membros da Associação Brasilandense dos Agentes Ambientais (ASSOBRA) para esclarecer aos participantes do Programa Protege Brasilândia sobre a importância da coleta seletiva. A reunião foi realizada na última quinta-feira (24), no Centro de Uso Múltiplo.

Na ocasião, os agentes esclareceram sobre as mudanças no sistema de coleta, que agora é o porta-a-porta, ou seja, os associados passarão recolhendo o material diretamente com o morador.

No mês passado, as orientações foram repassadas pelo secretário municipal de Serviços Urbanos, José Carlos De La Bandera, que falou sobre a limpeza urbana em Brasilândia. Na oportunidade, o secretário informou como proceder para destinação correta de cada tipo de material. Com isso, o intuito é manter a cidade limpa e em segurança, pois lixo na rua pode ocasionar acidentes e também cumprir o Código de Posturas, referente à Lei Municipal 399/85.

DIAS DE COLETA

A coleta passa pelo menos uma vez por semana em cada bairro da Cidade. Na segunda-feira: Centro (da Rua Jeremias Borges até a Rua COTERP), Jardim Mão Amiga, Jardim Brasília, Valle Verde, Jardim Imperial e Jardim Camargo. Na terça-feira: Centro (da Rua COTERP até a Rua Clóvis Cordeiro) e Thomaz de Almeida (COHAB). Na quarta-feira: Centro (da rua Clóvis Cordeiro até a Rua da Aviação), Parque Akira Otsubo, João de Abreu e Oiti e na quinta-feira: José Rodrigues da Silva, João Paulo da Silva, José Inácio Batista e Jardim Primavera

MATERIAIS DE COLETA

O material recolhido pela equipe deve ser colocado em um saco ou sacola e não há necessidade de separar, desde que sejam alguns dos objetivos descritos abaixo.

PAPEL: revistas, jornais, cadernos, listas telefônicas, caixas de papel e papelão e embalagens.

VIDRO: garrafas em geral, frascos, embalagens de perfume, produtos de higiene e limpeza, copos e cacos (embrulhados em jornal)

PLÁSTICO: garrafas de água e refrigerante (PET), sacos, tubos, brinquedos, baldes, embalagens plásticas de produto de limpeza e higiene.

METAL: latas de bebida ou de alimentos em conserva, bacias, baldes de alumínio, panelas, objetos de ferro, bronze, alumínio, aço, cobre e latão.

 

Fonte: Divulgação/PMB