Conheça mais sobre o Projeto “Geração Saúde”

Educação22/05/2018, 13:50:00 Total de Visualizações: 141

Um dos locais de treino é no Parque Akira Otsubo - Assessoria de Comunicação

Um grupo de amigas encontrou no vôlei a prática de exercícios físicos na qual resultou o afastamento do sedentarismo e o stress em suas vidas. Hoje, o grupo tornou-se o projeto “Geração Saúde” com objetivo da prática de atividade física e tem o apoio do comércio local de Brasilândia. Na primeira quinzena deste mês, a Prefeitura de Brasilândia também doou bolas de vôlei e uma rede para o projeto.

Segundo Liziane Coutinho Batista, o projeto nasceu a partir da união de sua mãe, Florinda, e de outras amigas que já jogavam vôlei na adolescência, mas com o passar dos anos cessaram a prática do esporte. “Ela (a sua mãe) estava muito sedentária e gostaria de praticar algum esporte. Começamos a montar turmas e jogar no Ginásio de Esportes. Era um grupo pequeno, mas com divulgação foi aumentando. Uma chamava a outra e montamos um grupo no whatsapp e hoje temos os dias de treino”, comentou.

O grupo se reúne de segunda a sexta-feira, das 18 às 21 horas (MS), no Parque Akira Otsubo ou Ginásio de Esporte – entretanto atualmente o último local citado está passando por uma reforma e outra área está sendo estudada para continuidade do projeto.  

Para ajudar na manutenção dos materiais, cada participante paga uma mensalidade de R$ 10,00. Além disso, o valor também ajuda na confraternização de fim de ano. “O comércio e diversas pessoas nos ajudam também. Nós já fizemos camisetas com os nomes dos patrocinadores e tem sido bem legal essa idéia”, disse.

A correria do dia a dia, deixando muita gente ociosa e com a prática do vôlei, além de diminuir o stress também gerou novas amizades. “Hoje nós somos uma grande família e o intuito é mais para desestressar”, disse Liziane.

Para quem quiser saber mais sobre o projeto ou até mesmo participar do grupo, pode procurar a Liziane pelo celular (67) 98434-3781 ou a Florinda Batista pelo número 99645-3768.

O que era somente uma brincadeira, agora está ficando cada vez mais sério. O grupo já realizou um amistoso entre o município de Bataguassu e provavelmente ainda neste semestre poderá jogar contra o município de Santa Rita do Pardo. “Estamos entrando em contato com equipes de outras cidades e é uma forma de incentivar a cada vez mais melhorar na prática do vôlei”, disse Liziane.

 

 

Fonte: Divulgação/PMB