Prefeito Dr. Antonio entrega o auxílio financeiro do Programa Protege Brasilândia

Assistência Social10/02/2017, 11:22:00 Total de Visualizações: 646

Repasse financeiro foi entregue às famílias - Divulgação

O prefeito de Brasilândia Dr. Antonio Thiago ao lado do vice-prefeito Dr. Gabriel entregaram na manhã desta sexta-feira (10), na sede do Cras, o primeiro repasse financeiro aos beneficiários do programa Protege Brasilândia. No total, foram 57 cheques no valor de 130,00 para os usuários. A reunião também contou com a presença da primeira-dama Cibele Thiago; da secretária municipal de Assistência Social, Emília Vichette e da vereadora Aurineia Halsback.

Durante a reunião, Dr. Antonio lembrou-se que o Programa foi implantado em sua primeira gestão, no ano de 2007, destinada às pessoas de baixa renda e é um importante instrumento no auxílio financeiro para as famílias brasilandenses.

O prefeito também aproveitou a oportunidade para justificar o atraso da entrega, alegando que precisou de mais tempo para reorganizar a estrutura da prefeitura e a importância do pagamento ser realizado dentro da conformidade da lei.

?Temos a preocupação de sempre trabalhar dentro da lei, para que no futuro não tenhamos problemas. Sabemos que atualmente a situação no Município está complicada, mas vamos fazer o possível para manter o pagamento em dia?, disse.

PROGRAMA PROTEGE BRASILÃNDIA

PROGRAMA

?Protege Brasilândia? é um programa municipal de transferência de renda que oferece auxílio emergencial às famílias em situação de vulnerabilidade social. Atualmente, são atendidos 57 beneficiários que recebem repasse financeiro e 80 pessoas recebem cesta básica.

O programa é voltado para o atendimento e atenção às famílias carentes, idosos, pessoas com deficiência, defesa da criança e do adolescente, gestantes, nutrizes e crianças menores de sete anos de idade em situação de vulnerabilidade social.

A iniciativa consiste em ações como auxílio para as despesas com saúde e transporte de doentes, acolhimento a gestante carente, recém-nascido e crianças de até um ano de idade. 

Para receber o atendimento, é necessário que a família seja integrante do cadastro único da Secretaria Assistência Social e poderá ser beneficiária de outros programas federais ou estaduais cujo auxilio seja insuficiente naquele momento.  

Para saber mais sobre o programa, os interessados poderão se dirigir ao Cras, localizado na Avenida São José, próximo ao ESF II, no Loteamento José Rodrigues da Silva, ou na sede da Secretaria Municipal de Assistência Social, na rua Bartolomeu Viana Cavalcante, 1035, bairro Jardim Camargo, e levar os documentos pessoais e, se possível, o número do seu Cad Único.

Fonte: Assessoria de Comunicação