Beneficiários do programa ‘Protege Brasilândia’ recebem auxílio financeiro e alimentício

Assistência Social09/03/2018, 11:36:00 Total de Visualizações: 2515

Entrega das cestas hortifruti foi no CRAS - Assessoria de Comunicação

Cumprindo rigorosamente os pagamentos, foi realizado nesta sexta-feira (09), na sede do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), o repasse do auxílio financeiro e alimentício do Programa Protege Brasilândia. A entrega do cheque contou com a participação do prefeito Dr. Antonio Thiago, da psicóloga Cibele Thiago e da secretária municipal de Assistência Social, Emília Vichete.

Os cheques no valor de R$ 130,00 ajudam na renda financeira dos usuários cadastrados no programa, podendo melhorar as condições de vida. O programa municipal de Brasilândia, transfere mensalmente uma renda financeira ou uma cesta, com intuito de dar auxílio emergencial às famílias em situação de vulnerabilidade social.

O prefeito conversou com beneficiários presentes e antes da entrega do cheque e das cestas básicas, falou sobre a novidade das cestas hortifruti também aos cadastrados na Assistência Social e explicou que o município está responsável pela entrega. “A prefeitura abraçou o programa e estamos arcando com as despesas 100% dos nossos recursos”, disse.

Dr. Antonio também disse que na próxima semana estará em Brasília no intuito de buscar recursos junto ao município. Um dos pedidos será uma van para Assistência Social e a ampliação do Centro de Referência de Assistência Social. “Com um prédio maior, a população terá maior conforto durante a entrega dos benefícios e também das reuniões que são realizadas pela nossa equipe”, salientou.

Já a secretária da pasta, Emília Vichete, reforçou aos beneficiários sobre a retirada imediata do cheque do Programa. “Muitas pessoas vem buscar o auxílio financeiro depois de 10 ou 20 dias. Entendemos que essa atitude é sinal de que a pessoal realmente não precisa do dinheiro. Então peço para que fiquem atento aos dias de pagamento, porque há muitas pessoas que necessitam desse valor”, disse.

PROGRAMA

O público alvo do Protege Brasilândia é para o atendimento e atenção às famílias carentes, idosos, pessoas com deficiência, defesa da criança e do adolescente e pessoas em estado de vulnerabilidade social.

Para receber o atendimento, é necessário que a família seja integrante do cadastro único da Secretaria Assistência Social e poderá ser beneficiária de outros programas federais ou estaduais cujo auxilio seja insuficiente naquele momento.  

Para saber mais sobre o programa, os interessados poderão se dirigir ao Cras, localizado na Avenida São José, próximo ao ESF II, no Loteamento José Rodrigues da Silva, ou na sede da Secretaria Municipal de Assistência Social, na rua Bartolomeu Viana Cavalcante, 1035, bairro Jardim Camargo, e levar os documentos pessoais e, se possível, o número do seu Cad Único.


​Patricia Acunha
Assessoria de Imprensa
Telefone: 67 - 3546-1301

Fonte: Divulgação/PMB