PROFESSORES DE BRASILÂNDIA PARTICIPAM DA APRESENTAÇÃO DO PNAIC

Educação17/11/2017, 13:43:00 Total de Visualizações: 105

Evento foi no Anfiteatro Ramez Tebet - Assessoria de Comunicação

A Prefeitura de Brasilândia, por meio da Secretaria Municipal de Educação, promoveu na última quarta-feira (8), no Anfiteatro Ramez Tebet, a apresentação dos trabalhos referente ao Plano Nacional de Alfabetização na Idade Certa (PNAIC) 2017. A ação é do Governo Federal por meio do Ministério da Educação e conta com a parceria da Prefeitura.

O secretário municipal de Educação, Francisco Aparecido Lins ao lado da adjunta, Maria Cristina Damião, agradeceu o empenho dos docentes ao longo deste ano com os alunos da Educação Infantil e do 1° ao 3° ano do Ensino Fundamental das escolas públicas da Cidade.

A apresentação foi acompanhada por professores, gestores e coordenadores do Município. Além disso, o evento foi marcado pela entrega dos certificados para os professores do 1º ao 3º ano do Ensino Fundamental, da etapa de 2016.

APRESENTAÇÃO

A professora Aracy apresentou aos presentes o PNAIC e o Programa Novo Mais Educação – Ciclo de Alfabetização e os direitos de aprendizagem. Contextualizando, os resultados dos últimos IDEB  (2014/2015) apontam que houve uma superação das metas estabelecidas para o ensino de Língua Portuguesa nos anos iniciais do Ensino Fundamental. Por outro lado, a tendência de estagnação dos índices nos anos finais do Ensino Fundamental e no Ensino Médio, que não tiveram suas metas atingidas, provocou muitos debates no cenário educacional.

Com este resultado, a proposta é a necessidade de manter o esforço concentrado na implementação de estratégias didático-pedagógicas que efetivamente permitam às crianças a consolidação dos direitos, das competências e das habilidades de Leitura, escrita e matemática para serem alcançados em cada ano do Ciclo de Alfabetização.

O ciclo também deve ser marcado por uma ação pedagógica intencional e progressiva que prepara uma estrutura sólida para novos aprendizados ao longo da vida. É preciso universalizar a alfabetização de qualidade e saber/estudar  quais são  os direitos e objetivos de aprendizagem por área de conhecimento em todas as etapas do Ciclo da Alfabetização.

Para isso, o MEC criou em 2016 o Programa Novo Mais Educação, que tem como objetivo em melhorar a aprendizagem em língua portuguesa e matemática no ensino fundamental, por meio da ampliação da jornada escolar de crianças e adolescentes.

O programa contará com o coordenador e formador local. Ao longo das formações, os professores que atuam no pré I e II, coordenador pedagógico das Unidades Escolares ou Centros de Educação Infantil que oferecem a pré-escola. Os docentes participarão das formações em horários que não prejudiquem o aprendizado da criança.

Já do PNAIC, os professores do 1º ao 3º ano do Ensino Fundamental e que atuam como regentes em língua portuguesa e matemática receberão também formação e os coordenadores acompanharão seus trabalhos. Haverá turmas compostas no máximo de 25 cursistas e também participação das formações em horários que não prejudiquem o aprendizado da criança.

As formações serão divididas em três módulos, com reuniões e oficinas de planejamento. As oficinas ofertadas aos diferentes grupos de participantes terão uma carga horária mínimo de 100h a serem cumpridas até maio de 2018.

 

Fonte: Divulgação/PMB