Prefeitura de Brasilândia elabora cartilha de alerta sobre o uso do Narguilé

Saúde24/10/2017, 12:39:00 Total de Visualizações: 4184

Cartilha foi elaborada pela equipe da Saúde - Assessoria de Comunicação

A Prefeitura de Brasilândia vem desenvolvendo um trabalho de conscientização sobre o malefício do uso do Narguilé, uma espécie de cachimbo de água de origem oriental, utilizado para fumar tabaco aromatizado.

A iniciativa, da Secretaria Municipal de Saúde, por meio do Núcleo de Vigilância Sanitária, visa realizar uma série de ações para alertar as pessoas. O objetivo também é o de orientar os estabelecimentos que fazem a venda e a utilização do produto como também entregar cartilhas com informações a respeito do aparelho.

A cartilha foi elaborada pela vigilância e esclarece o trabalho realizado pela equipe, por meio das inspeções sanitárias. “O uso deliberado do Narguilé, sobretudo entre os jovens, hoje é preocupação de autoridades, pais e educadores, fazendo com que os órgãos de Saúde passem a intensificar campanha de conscientização sobre os perigos que o uso indiscriminado deste cachimbo pode causar a saúde”, contém no trecho da cartilha.

Segundo uma pesquisa realizada pelo Instituto Nacional do Câncer (INCA), a liberação de toxinas liberadas pelo Narguilé contém uma concentração muito maior do que a de um cigarro comum. Sendo assim, os especialistas alertam sobre possíveis doenças respiratórias, cardiovasculares, câncer (pulmonar, cavidade bucal e garganta) e disfunção erétil. Além de outras doenças contagiosas, uma vez que o cachimbo é compartilhado entre as pessoas, podendo contrair hepatite C, tuberculose e herpes labial.

A cartilha ainda traz informações do que é composto o cachimbo e recomendações aos estabelecimentos que comercializam o tabaco, sendo um dos alertas da Vigilância Sanitária sobre a procedência dos produtos fumígenos utilizados na atividade, informando sobre a exigência da nota fiscal, para evitar a compra clandestina de produtos ao registrados pela ANVISA.

O trabalho de conscientização do uso do Narguilé também já foi abordado neste ano, sendo no mês de setembro, realizada por uma rede formada pelo Conselho Tutelar, CRAS, Polícia Civil e Promotoria, na qual promoveram palestras nas escolas.

O prefeito parabenizou o trabalho realizado pela equipe bem como a importância do assunto que hoje faz parte do dia a dia na vida dos jovens. “Esse trabalho deve ser reforçado em especial nos estabelecimentos, uma vez que é extremamente prejudicial para saúde de quem utiliza o Narguilé”, disse.

Fonte: Divulgação/PMB