Prefeitura intensifica no combate ao mosquito da Dengue

Saúde12/07/2017, 11:51:00 Total de Visualizações: 284

Equipe realiza a verificação de possíveis focos do mosquito transmissor - Assessoria de Comunicação

O período do inverno é normalmente registrado pelas baixas temperaturas e a falta das chuvas, entretanto, o cuidado para evitar a proliferação do mosquito da dengue não deve parar. Preocupada com a proliferação, a Prefeitura de Brasilândia vem intensificando o combate ao mosquito através das equipes de agentes de endemias.

O Levantamento Rápido do Índice de Infestação por Aedes Aegypti (LIRAa) de Brasilândia apontou que o município está em situação de alerta, devido a quantidade de amostras coletadas evidenciando a proliferação de larvas do mosquito da dengue. O recolhimento ocorreu entre os dias 26 e 30 de junho pela Secretaria de Saúde.

De acordo com o responsável pelo setor, Rogério Cortri, Brasilândia teve o registro de 3.4%, sendo que o preconizado pelo Ministério da Saúde é de até 1%. O levantamento é feito a cada dois meses e serve de referência nos trabalhos realizados pela equipe de Endemias e Vigilância em Saúde.

“Mesmo com os poucos casos registrados na Cidade, é válido lembrar que os ovos do mosquito resistem à seca e as baixas temperaturas. Quando a época da chuva retorna, os ovos voltam ao ambiente propício para a proliferação”, explicou Rogério, sobre a falta de cuidado que pode provocar uma nova proliferação do mosquito na Cidade.

Segundo o coordenador, o relatório apontou os bairros João de Abreu, Jardim Oiti, Vale Verde, Imperial, Primavera, Centro e José Rodrigues com o maior índice de foco do mosquito.

Além disso, a colaboração da população deve ser redobrada no intuito de reforçar os cuidados para evitar que o número de incidência do mosquito, que é transmissor do Zika Vírus, Chikungunya ou Dengue, aumente em Brasilândia.

“Pedimos, encarecidamente, que as pessoas permitam que a equipe da prefeitura entre nas residências para verificar os possíveis focos e assim fazer o combate necessário. População e prefeitura precisam estar unidas e, juntas, combater a dengue”, frisou o prefeito Dr. Antonio.

CUIDADOS

- Mantenha o lixo em sacolas fechadas e lixeiras tampadas.

- Armazene as garrafas vazias com a boca para baixo.

- Tampe todos os barris e tonéis de água.

- Coloque areia nos pratinhos dos vasos das plantas.

- Lacre a caixa d’água.

- Limpe a bandeja de ar-condicionado.

- Remova a sujeira das calhas.

- Guarde pneus e garrafas de vidros em locais cobertos.

- Lave o recipiente e troque a água dos seus animais diariamente.

- Tampe os ralos.

- Retire a água do reservatório do degelo da geladeira.

 

 

Fonte: Divulgação/PMB