Servidores do Município poderão prorrogar até três parcelas mensais de empréstimos consignados

Administração21/05/2020, 10:25:00 Total de Visualizações: 66

Requerimento deve ser feito no banco e depois no setor de Recursos Humanos - Assessoria de Comunicação

Foi publicado nesta semana, o Decreto Municipal 5181, que dispõe sobre suspensão de pagamento das parcelas de cobrança de empréstimo consignados dos servidores municipais. Devido ao momento de pandemia, a suspensão visa minimizar o impacto financeiro dos servidores públicos do Município de Brasilândia.

Os servidores interessados poderão negociar diretamente com a instituição financeira a prorrogação de até três parcelas mensais, num período de até noventa dias, para serem pagas no final do contrato.

 Vale lembrar que o servidor deve requerer diretamente com a instituição financeira, podendo valer-se do modelo de requerimento que está disponível no site da Prefeitura, na aba Lei/ Decretos.

Após a anuência da instituição financeira o servidor deverá formalizar requerimento por escrito ao setor de Recursos Humanos informando das condições pactuadas e solicitando a suspensão dos descontos dos valores consignados nos meses de junho, julho e agosto.

Os servidores deverão encaminhar ao setor de Recursos Humanos até o dia 19 de junho, a anuência do Banco para que seja realizada a operacionalização da suspensão na folha de pagamento no mês de junho. Caso a anuência do Banco seja informada a data limite, a suspensão do valor consignado será concretizada somente nas folhas de pagamentos dos meses de julho, agosto e setembro.

O prazo de suspensão de noventa dias poderá ser prorrogado por igual período ou enquanto durar o estado de emergência decretado pelo município.

 

Fonte: Assessoria de Comunicação