Prefeitura compra produção dos agricultores familiares para atender o programa Protege Brasilândia – Hortifruti

Desen. Econômico20/05/2020, 10:46:00 Total de Visualizações: 97

Kits são entregues a cada quinze dias para as famílias - Assessoria de Comunicação

A Prefeitura Municipal de Brasilândia adquire produtos produzidos diretamente por agricultores residentes no Município, para atendimento de dois programas: um para a alimentação escolar e outro para o atendimento as famílias que estão em estado de insegurança alimentar e já são cadastradas do Programa “Protege Brasilândia”.
O Protege Brasilândia foi elaborado com a finalidade de “proteger” a nossa sociedade e garantir uma alimentação adequada, contribuindo para suprir as necessidades nutricionais do cidadão. Além de uma cesta básica tradicional com produtos industrializados, a Prefeitura implantou a compra dos produtos produzidos pelos agricultores familiares, por meio da cesta Hortifruti.
São produtos como: cenoura, abóbora, mandioca, batata doce, tomate, banana, alface, cheiro verde, almeirão, couve e outros itens alimentícios que são adquiridos pela Prefeitura, diretamente do agricultor familiar, por meio da chamada pública e depois distribuídos para as famílias que estão em estado de insegurança alimentar.
Para esse período de pandemia, a secretaria de Assistência Social ampliou a entrega de cestas de hortifruti, que além de atender as famílias que já são cadastradas no Programa, também destina para aquelas são cadastradas, mas que, possuem crianças na Rede Municipal de Ensino e devido a necessidade dessa pandemia, precisam temporariamente dos produtos.
Assim, a Prefeitura de Brasilândia, vem promovendo o desenvolvimento local, ajudando os agricultores na comercialização de seus produtos e dando o apoio necessário as famílias brasilandenses.
Meta do programa PROTEGE BRASILANDIA – CESTA HORTIFRUTI
 A meta da Prefeitura é atender a 220 famílias cadastradas com a distribuição de 440 Cestas Hortifruti e beneficiar 17 agricultores familiares.
 
 

Fonte: Assessoria de Comunicação